Notícias de Registro - SP

Saúde de Registro vai oferecer vacina contra “Hepatite A”

Data: . - Registro

Vacinação é direcionada para crianças de 12 meses até menores de dois anos (um ano, 11 meses e 29 dias)

zegotinhaA partir de 1º de setembro, todas as unidades de saúde de Registro passarão a oferecer a vacina contra Hepatite A para crianças de 12 meses até menores de dois anos (um ano, 11 meses e 29 dias).  A vacina, aplicada em uma única dose, foi inserida no Calendário Nacional de Vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS). 

“As mães devem aproveitar a atualização da caderneta para vacinar os bebês contra a Hepatite A. E as crianças na faixa etária estipulada pelo Ministério da Saúde que estão com o calendário em dia também devem ser levadas a um posto para que recebam a vacina”, destaca a secretária de Saúde de Registro, Maria Carmen Amarante Botelho.

A doença é contraída por um vírus que atinge o fígado. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que ocorram 130 novos casos a cada 100 mil habitantes por ano no Brasil. A principal forma de contágio da doença é a fecal-oral, por contato entre as pessoas infectadas ou por meio de água e alimentos contaminados.

Habitualmente a Hepatite A é benigna e pode raramente apresentar uma forma grave (aguda, e fulminante). Mas, se agravada, pode levar à morte (2 a 7% dos casos). “As crianças menores de 13 anos são responsáveis pela maioria dos casos confirmados e constituem o grupo etário com as maiores taxas de incidência da doença. A vacina tomada na infância gera proteção para a vida inteira, evitando os casos graves e óbitos causados pela Hepatite A”, informa a chefe da Divisão Técnica de Vigilância Epidemiológica, Ezeiza Stockler.

Não há tratamento específico para a doença. A recuperação pode ser demorada e levar semanas ou meses. A terapia é baseada no equilíbrio nutricional adequado, incluindo reposição de líquidos eliminados na diarreia e vômito. No entanto, aproximadamente 100% das pessoas desenvolvem níveis protetores de anticorpos contra o vírus no prazo de um mês após uma única dose da vacina.