Notícias de Juquiá - SP

PLANO MUNICIPAL DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS É APRESENTADO PELO DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE EM JUQUÍÁ

Data: . - Juquia

 

O Departamento de Meio Ambiente pautou os objetivos do plano na questão do incentivo e conscientização voltada para a reciclagem dos resíduos.
 
Em Juquiá no último dia (13) no auditório da Câmara Municipal o Departamento de Meio Ambiente através do Prefeito Merce realizou audiência pública para apresentação do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos do município. Em audiência, foram debatidos assuntos do Plano de Saneamento Básico, entre outras ações.
 
De acordo com o Prefeito Merce o incentivo é uma forma de sensibilizar a população. "Contribuir para uma cidade sustentável e com melhorias significativas para a qualidade de vida da população, além de atender requisitos legais no que se refere à Política Nacional de Resíduos Sólidos". Afirmou o Prefeito.
 
Com o objetivo racionalizar os serviços, baratear e aperfeiçoar os seus resultados, o Plano foi desenvolvido pela equipe do Departamento de Meio Ambiente de acordo com a Lei Federal nº 12.305 de 02 de agosto de 2010, estudos realizados no município possibilitaram que o projeto estivesse de acordo com a realidade local. A previsão do Plano é de 20 anos, com revisão a cada quatro anos, podendo ser revisto a qualquer tempo se houver necessidade.
 
Segundo o Diretor do Departamento de Meio Ambiente Marcus Vinicius Munhoz, o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos é um pré-requisito para formalização de convênios junto aos órgãos ligados ao meio ambiente, bem como uma das diretivas do Município Verde Azul. "Estamos avançando nos cuidados com meio ambiente em nosso município. Fazemos constantemente um trabalho que visa à organização das atividades que são ligadas ao meio ambiente, todos os alvarás e assentimentos ambientais passam por critérios que direcionam dar lisura e responsabilidades quanto ao cumprimento das legislações municipais, estaduais e federais, além de promovermos por meio das parcerias locais e regionais a conscientização de um modo geral, atuando junto ás escolas municipais".
 
Já o Biólogo do Departamento de Meio Ambiente Ronaldo Pereira da Silva, afirmou que o município desde o ano de 2010 se empenha para regulamentar e priorizar ações. "Que no futuro possamos estar alicerçados dentro dos parâmetros legais e ambientalmente corretos, pois muitos programas como coleta seletiva, utilização de sacolas retornáveis, reciclagem de óleo de cozinha, coleta de pilhas e baterias entre outros já estão prontos, necessitando agora de recursos financeiros e estruturais para serem implantados de fato". Conclui.