Notícias de Ilha Comprida - SP

Licitação da orla da Ilha terá abertura de propostas na sexta 14/11

Data: . - Ilha Comprida

Projeto da obra uneconservação ambiental, modernidade e beleza arquitetônica

projeto-orla-1Dentro do processo de Licitação da Concorrência Pública 04/2014 da execução das obras de Reequilíbrio Ambiental da Orla Marítima da Ilha – trecho entre o balneário Adriana até a escola Municipal de Surf -, a administração municipal abrirá nesta sexta 14/11, às 10 horas, no prédio da Prefeitura, as propostas das empresas interessadas em executar a obra. A expectativa é que as obras comecem tão logo seja definida e homologada a empresa vencedora.

De acordo com o prefeito Décio Ventura, as obras não prejudicarão o movimento de temporada 2014/2015. Assinado por Marcos Boldarini, especialista em projetos arquitetônicos de revitalização e reurbanização levando em conta aspectos locais e com prêmios internacionais pela qualidade de seu trabalho, a reurbanização da orla atende as premissas principais de sua idealização: é ambientalmente adequada, bonita e com baixo custo de manutenção.

A obra compreende calçada de quatro metros, mais três metros de área de segurança e igual medida de ciclofaixas.  Os corredores são flexíveis e integrados, projetados para atender turistas e também a comunidade durante todo o ano.Por isso, estão projetados seis espaços chamados mediadores distribuídos a cada 500 metros ao longo da orla. São decks de madeira com estrutura que inclui ponto de ônibus, bicicletário, serviço de apoio com sanitários e espaço comercial. Associados aos mediadores e entre eles estão previstas passarelas suspensas sobre as dunas, este segundo grupo sem a estrutura de serviços associado, com iluminação em fitas de LED, que darão acesso à praia por sobre a vegetação, protegendo assim o sistema de dunas da orla. O projeto contempla a acessibilidade e também possibilita a recuperação de áreas degradadas nas faixas mais densas da orla.

As entradas principais irão tirar a carga de pessoas e possibilitar a recuperação dessas áreas. Definitivamente, não haverá espaço para a entrada de carros na orla. Na avenida Beira Mar, nas áreas  onde estarão os mediadores, estão projetados travessias elevadas para a transito de pedestres com segurança.

Composição de espaços para lazer, ciclovia e circulação

O arquiteto Marcos Boldarini explicou que o projeto pretende reorganizar a orla contemplando a preservação das dunas e implementando uma série de equipamentos de lazer, recreação, reorganização do passeio, implantação de ciclovia e espaços de comércio. “Esses espaços terão uma estrutura de circulação mais confortável”, anunciou. O projeto também contempla a infra-estrutura de drenagem e a proteção das dunas: “O trabalho contou com equipe multidisciplinar composta por biólogos, engenheiros e arquitetos. Tivemos esse cuidado de analisar as questões específicas da Ilha Comprida como a presença das dunas como um elemento muito importante na composição dos espaços de lazer e circulação”.