Notícias de Iguape - SP

2ª Festa da Colonização Japonesa de Iguape atrai cerca de 200 pessoas

Data: . - Iguape

DSCN8122O evento aconteceu no último domingo (9), no Centro de Eventos do município e contou com a participação do grupo Wadaiko de Registro, Taiko de Curitiba, Grupo de Dança da cidade de Piedade, entre outros. O diferencial, ficou por conta das oficinas que foram oferecidas ao longo dia, entre elas a oficina de pipa, ministrada pelo Engenheiro de Pipas, Ken Yamazato.

O prefeito Joaquim Antonio Coutinho Ribeiro, falou sobre o evento. “É muito gratificante poder realizar novamente essa festa, não podemos esquecer da importância da colônia japonesa em Iguape, faz parte da história do nosso município e deve ser valorizada”, afirma.

A festa contou com a presença, do prefeito Joaquim Antonio Coutinho Ribeiro (Tony Ribeiro), da vice-prefeita, Lumi Cabral, da primeira-dama, Jonice Ribeiro, do diretor do Departamento de Cultura e Eventos, Josimar Paranhos, do diretor da divisão de eventos, Péricles Pereira, do diretor da divisão de turismo, Wander Bernardino, do presidente da câmara, João Carlos Spínula, do vereador Alberto Fernando Gomes, do Presidente da Associação Cultural e Esportiva Nipo Brasileira de Iguape, Drº Hitiro Asano, do Presidente da FENIVAR (Federação das Entidades Nikkeys do Vale do Ribeira), Toshiaki Yamamura, do Presidente da Associação Cultural Esportiva de Piedade, Hideo Nakashima, entre outros.

Como tudo começou:

Em 1973, convencionou-se o ano de 1913 como data oficial da entrada dos primeiros imigrantes japoneses no Vale do Ribeira. Em 2008, por meio da Lei Federal nº 11.642, Iguape passou a ser oficialmente considerada “Berço da Colonização Japonesa no Brasil”.