Notícias de Iguape - SP

Iguape é contemplada no Programa Creche Escola

Data: . - Iguape

O prefeito Joaquim Antonio Coutinho Ribeiro, juntamente com o secretário estadual do Desenvolvimento Social, Rogério Hamam e do coordenador de relações institucionais da Secretaria de Estado da Educação, José Afonso Carrijo, assinou protocolo de Intenção para aderir à segunda etapa do programa estadual Creche Escola, que tem como objetivo ampliar o atendimento à educação infantil. O município foi contemplado com duas unidades. Cada creche poderá atender até 150 crianças.  O encontro aconteceu na manhã de quarta-feira (21), no auditório da sede da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), na Capital.
 
De acordo com o prefeito, uma unidade será edificada no bairro Jardim Primavera e outra no bairro do Rocio. "Essa parceria entre o Estado e os municípios é primordial para o desenvolvimento social das cidades. E, no caso de Iguape, representa um estímulo para melhorar a qualidade do ensino, pois sabemos da importância de se ter um espaço adequado para formar novos cidadãos, declarou Tony Ribeiro.
 
Os deputados Jorge Caruso e Baleia Rossi têm se empenhado junto ao Governo Federal e Estadual para que Iguape seja beneficiada nos programas dos governos.  Os parlamentares comemoram a conquista das duas creches que totalizam R$ 1,8 milhões.
 
Ao todo, 27 municípios assinaram o protocolo. "Esta é uma etapa importante porque entramos na fase de expansão, em que as cidades que têm maior demanda por vagas, como é o caso de todas aqui presentes, receberão mais de uma unidade. Sabemos que a construção dessas creches muda a realidade das famílias e ajuda no desenvolvimento social da comunidade", afirmou o secretário Rogério Hamam. A meta do Governo do Estado é implantar, pelo menos, uma creche em cada município. Serão mil unidades até 2014 para as 645 cidades paulistas.
 
O Programa Creche Escola, lançado em setembro de 2011, é desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Secretaria de Educação. A contrapartida do município é apresentar terreno próprio, com 2mil m², abastecido com rede de água, esgoto, energia, telefone e divisas muradas. A unidade e os equipamentos são custeados pelo Governo do Estado.