Notícias de Eldorado - SP

Eldorado é um dos primeiros municípios a realizar o Plano de Saneamento Básico

Data: . - Eldorado

No último dia 28, a Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura Municipal da Estância Turística de Eldorado, através do departamento de Meio Ambiente, realizou a audiência pública do "Plano de Saneamento Municipal" do "Programa Estadual de Apoio à Elaboração dos Planos Municipais de Saneamento", na Aldeia Cultural, em Eldorado.
 
O objetivo do evento foi mostrar à população e para as empresas participantes, como: CETESB, Sabesp, Comitê de Bacias Hidrográficas do Ribeira de Iguape e Litoral Sul e ISA, que os planos foram elaborados para que os municípios que possuem dificuldades técnicas, ou seja, que tenham uma equipe pequena para atender as demandas imediatas, consigam acolher de uma forma mais abrangente toda a cidade.
 
Segundo o palestrante, o engenheiro da GERENTEC, - empresa contratada pelo Governo Estadual para realizar os planos de saneamento-, Eduardo Giansante, "o Estado decidiu contratar uma empresa de consultoria para colher os dados de Eldorado e elaborar o Plano, que consiste em propostas para que o município tenha água, esgoto, drenagem e resíduos sólidos".  De acordo com o diretor municipal de Meio Ambiente, Edson Ney Barbosa, o Plano já foi concluído e o acontecimento serviu para discutir e colocar as ações em prática. "Acredito que o engenheiro conseguiu passar todas as informações pertinentes para a população e para outros órgãos e empresas que estiveram presentes", relatou Barbosa.
 
Durante a audiência, Giansante também explicou que o Plano oferece uma diretriz para mostrar à Prefeitura como chegar ao Saneamento Básico. "Esse estudo deve ser revisto de quatro em quatro anos", relatou o engenheiro. Com isso, investimentos devem ser concretizados a cada ano que passa. Pela apresentação feita, em 30 anos, Eldorado deverá investir cerca de R$ 58 milhões, sendo R$ 26 milhões destinados a esgoto, R$ 18 milhões para água e R$ 14 milhões para a drenagem.
 
O prefeito, Donizete Antonio de Oliveira, que também fez suas considerações e ressalvou a importância de um estudo como esse, comentou que o plano é entregue gratuitamente à cidade e a partir da entrega, passa a ser do município. "O Plano de Saneamento no Vale do Ribeira, em especial em Eldorado, é inovador. Acredito que Eldorado está sendo um dos primeiros e esperamos que, realmente, venha de encontro com as nossas necessidades", explanou o administrador público.
 
Estiveram na palestra, a primeira-dama, Minilidia Teixeira de Oliveira; a chefe de gabinete da Prefeitura, Ana Maria Iria Leite D'Ávila Camargo; a diretora municipal administrativa, Lúcia Cristina Batista Alves; a diretora municipal de Saúde, Lígia Ferreira Museti e o diretor municipal de Esportes, Ednei Martins de Morais.