Festas e eventos em Cajati - SP

CIRCUITO SESC DE ARTES EM IGUAPE

Data: . - Cajati

A praça como ponto de encontro e de trocas simbólicas é o eixo da programação, que traz uma série de atividades com o intuito de intervir no espaço público, propondo uma suspensão no cotidiano das cidades.
 
Entre os dias 1 e 19 de junho o SESC realiza o Circuito SESC de Artes 2011 em 88 cidades do interior, litoral e Grande São Paulo com a participação de mais de 270 artistas e 71 atividades envolvendo outros 200 profissionais, entre produção e técnicos do Circuito.
 
As cidades paulistas que recebem a itinerância terão uma programação diversificada que contempla as seguintes linguagens artísticas: música, teatro, circo, dança, artes visuais, literatura, artemídia e perfomances. São seis roteiros diferentes que estão descritos abaixo junto aos destaques e a programação completa do Circuito.
 
O Circuito tem como ponto de partida considerar a experiência artística e quebrar a rotina no cotidiano das cidades estabelecendo provocações e diálogos com artistas locais, propiciando novas possibilidades. Além desses aspectos, pretende deixar rastros, nesse cenário urbano, com a passagem do Circuito.
 
O Circuito SESC de Artes também inclui artistas do interior do Estado, mas retirados de suas regiões e postos para circular em outras cidades. A arte é apresentada no projeto de forma singular, a fim de proporcionar a construção de uma verdadeira educação que passa também pelos sentidos.
 
Para Danilo Santos de Miranda, Diretor Regional do SESC São Paulo, "o Circuito SESC de Artes 2011 é uma oportunidade expressiva para se concretizar a missão da instituição na democratização do acesso do mais amplo público à produção artística". Miranda afirma que "os shows, espetáculos de teatro e dança, as oficinas e as várias outras linguagens da programação são apresentadas em formatos inusitados, que demandam a participação e o envolvimento do público presente. São atividades que enfatizam o encontro e a troca simbólica entre as pessoas, gerando um raro momento de congraçamento que as Artes tão bem conseguem proporcionar".
 
Para mais informações sobre o Circuito SESC de Artes acesse o hotsite: www.sescsp.org.br/circuito
 
ROTEIRO | São José dos Campos/ Taubaté/ Santos/ Bertioga
Mogi das Cruzes, Suzano, Jacareí, Santa Isabel, Monteiro Lobato, Cruzeiro, Guaratinguetá, Lorena, Campos do Jordão, Tremembé, Miracatu, Pariquera-açu, Cajati, Iguape, Registro, Bertioga.

MÚSICA
SIBA E FULORESTA (PE)
 
Nascido em Recife, Siba cresceu entre a cidade e o interior. Como membro da banda Mestre Ambrósio, representante do movimento Mangue Beat, desenvolveu um estilo musical inovador, marcado pelo diálogo entre ritmos tradicionais, como a ciranda e o maracatu, com a música pop. Após uma temporada morando em São Paulo, Siba retorna a Pernambuco para trabalhar com o grupo A Fuloresta, formado por músicos tradicionais da cidade de Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte do estado. O segundo e mais recente trabalho lançado por Siba e a Fuloresta é o disco Toda Vez Que Eu Dou Um Passo, o Mundo Sai do Lugar, vencedor em 2008 do Prêmio TIM de melhor álbum de música regional e base do repertório desta apresentação.
Siba – Voz e percussão
Mestre Nico – Percussão
Mané Roque – Percussão e voz
Cosmo Antônio – Percussão e voz
Roberto Manoel – Trompete
Galego do Trombone – Trombone
João Minuto - Sax Tenor
Léo Gervázio – Tuba
Duração: 80min.
Livre
 
TEATRO
AUTO DA PAIXÃO
Grupo Circo Branco (SP/ PE)
 
Concebido e dirigido por Romero de Andrade Lima, o espetáculo é encenado por um corifeu narrador e um coro formado por doze atrizes e cantoras, caracterizadas como pastoras. Elas percorrem doze esculturas representando retábulos e narram a Paixão de Cristo por meio de cânticos e interpretações. Na peça, foram recriados reisados, procissões e pastorais, sempre com ênfase no espírito das festas populares.  O repertório composto de toadas de domínio público teve como referência a obra do escritor Ariano Suassuna, mentor intelectual do Movimento Armorial.
 Elenco: Edna Aguiar, Lelena Anhaia, Laura de Lima, Ligia Veiga, Maria Cristina Marconi, Mario Augusto Togniazzolo, Miriam Maria, Mônica Nassif, Nina Blauth, Simone Julian, Simone Soul, Tata Fernandez e Tina Simião Concepção e Direção: Romero de Andrade Lima Direção Musical: Renata Mattar.Duração: 60min. Livre
 
 
DANÇA
 
RESSONÂNCIAS
Quik Companhia de Dança (MG)
 
A partir de improvisações, o espetáculo Ressonâncias traz a figura feminina e masculina em diferentes dimensões para dialogar com o espaço físico. Os bailarinos inventam novos trajetos nos encontros com os objetos e seres que os rodeiam, e essas experimentações buscam novas reflexões para padrões prefixados de agir, pensar e sentir. Criada em 2000, a Quik Companhia de Dança foi fundada pelos bailarinos Rodrigo Quik e Letícia Carneiro.
Direção: Rodrigo Quik Bailarina: Letícia Carneiro
Bailarino/Músico: Rodrigo Salvador
Trilha Sonora Original:  Rodrigo Salvador  e Antonio Moreira Neto
Duração: 30min.
Livre
 
CIRCO  
 
CIRCO DA VINCI
Circo da Vinci (Argentina)
 
Malabaristas, equilibristas, palhaços e monociclos são atrações  presentes nesse espetáculo. A apresentação busca entreter toda a família com um repertório eclético e dançante, as músicas autorais são tocadas ao vivo. Com 8 anos de estrada, esse grupo argentino utiliza diversos elementos da cultura teatral circense nas suas apresentações.
Elenco: Antuco, Capitán, Castro, Kena, Jacinto, Manu, Naty, Nico, Pez e Regi.
Duração: 60min.
Livre
 
 
 
 
LITERATURA
TRAVESSIA - de 01 a 05/06
Grupo Caixa de Imagens (SP)
 
Intervenção urbana que busca reflexão sobre espaço e tempo. A intenção da personagem principal, uma boneca florista, é resgatar delicadas lembranças que permanecem em nossa memória por meio da dança, poesia e da música. Ao se despedir, num gesto afetuoso, ela presenteia o público com uma flor ou um poema. O trabalho é realizado pelo Grupo Caixa de Imagens, fundado em 1994, que utiliza principalmente a técnica de teatro de animação em seus espetáculos e intervenções.  
Direção e elenco: Mônica Simões e Carlos Gaúcho 
Livre
 
 
REALEJO POÉTICO - de 07 a 19/06
Cia Patética (SP)
 
Intervenção teatral e musical em que atores manipuladores convidam o público para um recital poético, lembrando antigos realejos e praças. Um bonequinho - chamado carinhosamente de Poeta - sorteia poesias para os espectadores ao som de música ao vivo. Fundada em 2000, a Cia Patética, atua no universo infantil com teatro de animação.
Direção: Cia Patética
Elenco: Fábio Parpinelli , Lanna Moura e Neto Medeiros
Livre
 
 
ARTES VISUAIS
 
JOGO ACERVO SESC DE ARTE BRASILEIRA
Com o objetivo de aproximar o públicodo universo artístico por meio do contato com obras de arte, uma brincadeira de cartas com imagens de obras do acervo do SESC propõe indagações e reflexões relacionadas àarte de forma geral. Em sua segunda edição, o jogo criado especialmente para o Circuito SESC de Artes 2011 apresenta a coleção BRESSONIANAS, composta pelos fotógrafos brasileiros Carlos Moreira, Cristiano Mascaro, Flávio Damm, Juan Esteves, Marcelo Buainain, Orlando Azevedo e Tuca Vieira, que têm em suas obras a influência do fotógrafo francês Henri Cartier-Bresson.
Livre
 
ARTEMÍDIA

SYMBIOSIS
Roberta Carvalho (PA)
 
Composição visual que propõe discutir temas como: arte, vida, natureza, espaço público, linguagens artísticas, entre outros. A artista capta imagens do público da cidade que, posteriormente, são projetadas nas copas das árvores e outros elementos naturais presentes no espaço. É o corpo se adequando à natureza, em uma delicada relação simbiótica e simbólica que provoca reflexões sobre a relação de identidade com a natureza e vice‐versa.
Livre
 
PERFORMANCE
 
É CRÉDITO OU DÉBITO?
Vários artistas (BR)
 
Intervenções em que artistas e público negociam a troca, compra e/ou venda de conversas, gestos, textos ou objetos simbólicos, discutindo questões sobre a sociedade de consumo e o mercado da arte. Os trabalhos incorporam ideias e ações a partir de uma genealogia artística construída desde os anos 70 que subverte o sistema institucional da arte, estabelecendo alternativas de posicionamentos face ao sistema capitalista.
Curadoria: Josué Mattos
Artistas participantes: Ernesto Neto, Grupo Aluga-se e Priscila dos Anjos.
Chefia: Priscila dos Anjos
A artista vende imãs de geladeira que apresentam seu retrato "disfarçado" em uma figura masculina. O trabalho envolve o questionamento das relações de poder entre dominado e dominador, reavaliando os códigos de representação da figura feminina, ao mesmo tempo em que refere-se à condição do artista emancipado, chefe de sí mesmo.
Compra-se e Vende-se, Grupo Aluga-se
O grupo de artistas dispõe à venda suas pequenas sacolas-surpresas contendo obras de arte, entre serigrafias, gravuras e fotografias. Ao mesmo tempo, anúncios espalhados pela cidade convidam os artistas locais a visitarem a barraca, momento em que o grupo anuncia a compra de suas obras. A ação busca estimular a construção de novos circuitos para a produção artística contemporânea.
Troco uma embalagem por uma laranja fresca, Ernesto Neto
Um vendedor de laranjas é contratado para trocar, em praça pública, uma laranja descascada por uma embalagem industrial. A ação dá continuidade à pesquisa do artista sobre «cultura artesanal» e «cultura industrial».
Duração: 3h
Livre
 
 
 
 
ESPECIAL
VIDEORREPÓRTER
 
Com a missão de descobrir quais são os hábitos culturais dos moradores da cidade por onde passa, um videorrepórter faz rápidas entrevistas sobre quais são as opções de cultura, lazer e entretenimento da região. Ao final do dia, esse material é editado e apresentado no telão do palco, promovendo um encontro das respostas registradas com o público. Serão produzidos 88 documentários, um em cada cidade contemplada pelo Circuito SESC de Artes 2011.
Coordenação: Aldo Quiroga
Com Angélica Muniz Valente
Livre